....................In your hands is the power of the empire...............

....................In    your    hands    is    the    power    of    the    empire...............

PDC Permaculture Design Course - September - Island of S.Miguel - Azores

PDC Permaculture Design Course - September - Island of S.Miguel - Azores
Join us to know all about Permaculture
Permaculture is to live in harmony with nature providing for human needs and the needs of the ecosystems

Formação sobre florestas na escola de permacultura do VDL



O centro de formação de Permacultura do Vale da Lama apresenta mais uma formação em que explora a fundo outro dos mais importantes elementos para a sustentabilidade do Planeta.

30, Abril, 2011
10:00 a 18:30

...As Florestas


O papel das florestas na vida das populações sempre foi compreendido. No entanto, somente nas últimas décadas é que as influências florestais sobre o clima, ar, água, solo, saúde e aspectos psicológicos dos homens ganharam sua real importância, porque começaram a aparecer consequências negativas na qualidade de vida.

O aumento da população, aliado às mudanças do ambiente imposto pelo homem, exerce grandes pressões sobre a atmosfera, ocasionando diferentes impactos sobre o ar e também sobre a natureza, especialmente sobre os recursos florestais que proporcionam múltiplas utilizações para o homem.

Neste dia iremos abordar temas como:

❀O que é uma floresta?!
❀As florestas garantem a vida!
❀Tipos de florestas.
❀Biomassa.
❀Efeitos da desflorestação.
❀Soluções para restaurar florestas.
❀Importância da cobertura vegetal.
❀Segredos do solo.
❀Florestas comestíveis.

Esta formação terá uma vertente prática com apresentação de técnicas de subida de árvores pelo uso de cordas e material de escalada naquilo que é conhecido por arborismo ou tree klimbing.

Mapa: http://blog.valedalama.net/?page_id=149&lang=pt_PT

Esta formação tem um valor de 30e
Almoço: 5e

O Centro de Permacultura do Vale da Lama oferece o almoço a quem puder trazer alguns recursos dos quais precisamos como:

Café usado
Lençóis velhos
Cartão
Azulejos partidos
Serradura
Vasos


Esta formação será dada por Helder Valente com André Fazendeiro como convidado no arborismo

Contacto: sublimart(at)hotmail.com
Tlm. 967425590

Most common Edible mushrooms / Cogumelos comestiveis

LISTA DE COGUMELOS COMESTIVEIS DE PORTUGAL 

Tortulhos alentejanos (Psalliota Campestris)

Tortulho dos cavalos (Psaliota arvenis)

Pantorras (Morchella esculenta)

-Surge entre Março e Abril, em solos húmidos e ricos em húmus. É apreciada com ovos mexidos.

Orelhas de gato (Helvella lacunosa)

Clatus vermelho (Clathrus ruber)

Orelha de judas (Auricularia auricula-judae)

Míscaro amarelo (Tricholoma equestre)
- Há quem lhe chame "amarelas" ou cogumelo-dos-cavaleiros. São bons guisados.

Russula-azul (Russula cyanoxantha)

Gigante dos pinhais (Sarcodom Imbricatus)


-Cogumelo com cheiro caracteristico a chocolate, tem um sabor picante-amargo que pode não agradar a todos.

Frades (Macrolepiota procera)
-Surgem nos lugares mais diversos a partir dos fins do Verão prolongando-se até ao Outono desde o Alentejo a Trás-os-Montes quer junto giestas e tojo quer no meio das vinhas e soutos, é o maior dos cogumelos comestíveis, o pé atinge com frequência os 40 cm. Assados só com sal, são deliciosos.

Pé violeta (Lepista nuda)

Tortulho de esponja amarela (Leccinum corsicum)

Leucoagárico (Leucoagaricus leucothites)

Lactário (Lactarius semisanguifluus)

Lactário enrugado (Lactarius rugatus)

Pinheiras (Lactarius deliciosus)
- Encontram-se em pinhais e é uma das espécies comestíveis mais apreciadas. São bons fritos ou guisados. Aparecem no Outono.Os Lactarius deliciosus têm a característica de tingir a urina de laranja, mas esta reacção não apresenta qualquer perigo para quem o consome.

Coprino cabeludo (Coprinus comatus)

Clitocibe (Clitocybe gibba)

(Boletus luteus)

Boleto de carne amarela (Boletus chrysenteron)

Cepe de Bordéus (Boletus edulis)
-Aparece sob o coberto dos soutos muito associado à sua folhagem em decomposição e nos terrenos de giestas e associado aos castanheiros a Norte do distrito de Viseu, atinge com facilidade os 25 cm de altura .

Boleto negro (Boletus aereus)

Amanita vinosa (Amanita rubescens)

Silarcas (Amanita lepiotóides)
Encontram-se muito no alentejo, com ovos mexidos é muito bom.

Amanita dos Césares (Amanita caesarea)

Bola de Neve (Agaricus arvensis)

Silarca poderosa (Amanita ponderosa)


Cantarelo (Cantharellus cibarius)



È preciso ter cuidado, não confundir com o Omphalotus olearius que tambem nasce por baixo dos pinheiros e das oliveiras ou o Paxillus involutus ou o Hygrophoropsis aurantiaca

The Cantharellus are very similar to Jack O'Lantern mushroom ("Omphalotus olearius") and its sister species ("Omphalotus olivascens") are very poisonous, though not lethal. They have true gills (unlike chanterelles) which are thinner, have distinct crowns, and generally do not reach up to the edge. Additionally, the Jack-O-Lantern mushroom is bioluminescent.

- Comuns em bosques de coníferas, são bons de várias formas e há até quem os aprecie como sobremesa. Em algumas regiões são conhecidos por "rapazinhos".

Muitas espécies de cogumelos apresentam toxinas termolábeis ou seja, que se alteram com o aumento da temperatura, sendo o caso da Lepista nuda, Amanita rubescens, Amanita vaginata e muitos Boletus, que necessitam de uma boa cozedura para transformarem as toxinas. Quando submetidas a este processo algumas espécies libertam vapores tóxicos que não devem ser inalados e a água da cozedura deverá ser rejeitada. Estes métodos apenas são seguros com um número limitado de espécies.

LISTA DE COGUMELOS COMESTIVEIS DO MUNDO AQUI



Os cogumelos vivem em simbiose com as plantas vivas, a umas cedendo minerais e a outras transformando a folhagem em húmus que serve de nutrição a ambas as partes, quando se apanham cogumelos devem-se sempre deixar alguns para a prepétuação da espécie.

LISTA DE COGUMELOS VENENOSOS DE PORTUGAL


Amanita verna
Amanita phalloides
Amanita muscaria
Amanita Pantherina
Agaricus xanthodermus
Boletus satanás
Inocybe geophylla
Panaeolus sphinctrinus
Phaeolepiota aurea
Lactarius torminosus
Gyromitra esculeta


Para conheceres os cogumelos mais venenosos de Portugal clica AQUI

INTOXICAÇÕES

Integrado no INEM e designado por CIAV-Centro de informação anti-venenos "Drª Arlinda Borges" e de quem é actualmente responsável a Drª Fátima Rato. Trabalha em permanência 24 horas, tendo sido a primeira linha de atendimento em PORTUGAL
Caso tenha consumido cogumelos e se sinta mal, não hesite... contacte o INEM / CIAV
Telefone: 808 250 843

COOKING MUSHROOMS

Mushrooms in general go well with eggsand curry and can be used as toppings on pizzas, be stewed, marinated, sauteed in olive oil, or used as filling for stuffed crêpes. Of course these are just examples; Mushrooms are versatile and can be added as an ingredient to most dishes.

In European cuisine, Mushrooms are often served with venison. A traditional method of prepapring these mushrooms is sauteed and then used to make scrambled eggs.

Since the mushrooms hold a lot of water, they are often prepared using a "dry sauté" method: after cleaning, the mushrooms are sliced and put in a covered pan over high heat with no oil or butter. The mushrooms then release much of their water, which can be allowed to boil off or be poured off and used as a stock.

Mushrooms can also be pickled in brine. Salted water is brought to a boil and pickling spices such as peppercorns, mustard seeds, and thyme are added. The mushrooms are then cooked in this solution for 5–10 minutes before being transferred to sterilized bottles along with some of the liquid. Sliced garlic and dill can be added to the bottles for extra flavor. The remaining liquid forms an excellent stock for making soup. When pickled in this way, mushrooms can last from six to twelve months.

Another storage technique is drying. Mushrooms can be dried with gentle heat in an oven at temperatures of 65°C (149°F) or less. A vacuum process is also practical on large orders. A few hours before final preparation, put dry mushrooms in water which they absorb for returning to nearly original size. Mushrooms can then be used as fresh, and will last indefinitely as dry.

Fresh Mushrooms can generally be stored up to ten days in a refrigerator.

Cuidado com os cogumelos se não tens a certeza não os comas ; )
Be careful with mushrooms if you dont know them dont eat them

The best website for looking for mushies is :

Some of the poison mushrooms in europe are:

Your comments are very apreciated

Your comments are very apreciated
Permaculture is to create paradise on earth starting at the kitchen garden

Etiquetas

Abelhas / Bees (5) activism (11) Activismo (11) Adubos orgânicos / Organic fertilizer (2) Africa (3) agriculture (2) Agroflorestas / Agroforestry (6) Agua / Water (8) Aid work (4) alentejo (1) Algarve (1) Alternative (1) Alternative construction (1) amazon (9) Amazonia (2) america (3) andes (3) animals (3) Ants / Formigas (1) Aquacultura / Aquaculture (3) aquecimento global (3) Art (5) Arvores / Trees (7) Asia (2) association (8) Australia (3) Austria (1) bacteria (1) banana (2) Bases de dados / Data bases (1) Belgium (5) Bill Mollison (21) Bio construction (3) Bioconstrução / Bioconstruction (9) Biodinâmica / Biodynamics (2) Biodiversidade (3) Biodiversity (3) bioma (1) biosfera (1) bolivia (1) Books (2) Brasil (7) Brazil (7) british (7) Buckminster Fullen (1) Burkina Faso (1) California (2) canabis (1) canhamo (1) care (4) casa de banho seca (1) chicken (3) children (8) China (1) Cidades de Transição / Transition Towns (1) Cinema (24) clima (1) climate change (7) Cogumelos / Mushrooms (8) colorado (1) comestiveis (1) comics (1) community (8) como (2) como cultivar (1) Companion planting (1) compost (1) compost toillet (1) composto (1) Composto / Compost (2) Conspi ? (3) convergence (5) cordwood (1) course (24) Courses (1) Courses/Cursos (26) creativity (1) crianças (1) Cuba (3) Culinária / Cooking (10) cultivar (1) curso (3) curso / course (1) Curso Permacultura (4) Cursos / Courses (4) Danmark (1) Daren Doherty (1) David Holmgren (8) death (1) Decrescimento (1) deforestation (1) denver (1) Desenvolvimento sustentável (3) desert (3) Design (25) dicas (1) dinheiro (1) Diploma (14) dog (2) dolphin (1) dome (1) download (3) earthships (1) Ecoaldeias / Ecovillages (6) educação ambiental (1) education (3) Education / Educação (8) Energia alternativa / Alternative energy (6) energy (5) england (8) entrevista (3) Ernst Gotsch (3) erosion (2) esgoto (1) Ética / Etics (1) europe (30) Eventos / Events (24) events (1) fardos de palha (1) Farming (2) Fauna (18) Felicidade / Happiness (2) Fernanda Botelho (1) festival (1) flora (14) Florestas (4) Florestas comestiveis / Food Forest (23) FMI (1) food (12) Forest (7) Forests (3) Formacao (2) France;Natural (1) free (4) Front Line (1) fun (5) fungos (1) funny (3) Galinhas (2) gardening (1) Geoff Lawton (10) giant (1) gigantes (1) global warming (5) Greece (1) green (3) green roof (1) greenhouse (2) greenwashing (1) grow (3) Haiti (3) Hawai (1) Health (4) heavy metals (1) Helder Valente (45) hemp (1) Histórias (1) Horticultura / Horticulture (7) How (2) how to (5) India (3) Insectos / insects (4) Insects (1) institute (1) Internship (5) interview (9) Introduction (3) Introduction / Introdução (2) IPC (4) IPEC (3) ireland (1) jamaica (1) japan (5) Jardins de guerrilha / Guerrilla gardening (2) Jardins Verticais / Vertical gardens (1) joke (1) jordan (2) José Mário Branco (1) Jungle (2) juventude (1) kids (3) kill (1) Lagos (1) lakes (1) Largest Living Organism on earth (1) Life (1) Lisboa (6) Livros (1) madeira (3) magazine (2) Maior flor do mundo / Worlds biggest flower (1) Mapas / Maps (1) mar (1) Masanobu Fukuoka (6) Master (1) masters (1) matar (1) Media (2) mediterraneo (2) metais pesados (2) Mexico (3) micelium (1) microorganismos (1) moçambique (1) Morte / Death (1) mountain (3) music (5) mycelium (2) native plants (2) Natural (3) Natural Farming (3) Nature (6) New (8) new school (33) ninho de melro lisboa (1) Nova (1) O que é (2) ORA (3) Organic fertilizer / Fertilizantes orgãnicos (1) Organic fertilizer/Adubos orgânico (1) Orgonite Cloudbuster (1) osgas (1) overstory (1) Padrões / Patterns (4) palestina (1) pando (1) party (1) PDC (42) pdf (1) peak oil (2) Penny Livingstone (2) people (3) Permacultura (37) Permacultura Brasil (2) Permacultura India / Permaculture (2) Permacultura India / Permaculture India (1) Permacultura Marrocos / Permaculture morocco (1) Permacultura México (1) Permacultura Peru (3) Permacultura Urbana / Urban Permaculture (14) Permacultura urbana lisboa (1) Permacultura urbana lisboa portugal (2) Permaculture (94) permaculture cambodja (1) Permaculture institute portugal (2) Permaculture instituto portugal (1) Permaculture Russia (1) Peru (11) Pessoas / People (2) Plantas / Plants (14) plantas companheiras (1) plastic (1) Poesia (1) politica (1) Politica / Politics (12) poluição (1) polution (6) pomar (1) portugal (60) Portugal interview (1) Pow Wow (2) Principios / Principles (3) Productos de limpeza / Cleaning products (3) pumpkins (1) punks (1) Quechua (1) Raised beds (2) reciclagem (3) recycle (5) recycling (2) religião (1) Religion (2) repteis (1) resistance (1) Revolução (1) Revolução / Revolution (2) rir (3) Rosemary Morrow (3) Rural (1) Russia (1) sabao vitamina d soap vitamin (1) saldanha (1) schools (2) sea (4) sedosas japonesas /Japanene silky bantan (1) selvagens (1) Sementes / Seeds (7) Sepp Holzer (6) sexy (1) Sintra (5) smile (1) social (6) Sociedade / Society (2) Solo / Soil (3) south (2) South africa (1) south america (4) spirituality (1) Sri Lanka (1) Strawbale (2) style (1) Super Adobe (1) survival (1) sustainable development (3) Sustentabilidade (1) Swales / Valas (3) Teacher (5) teacher trainning (1) TED (3) telhado verde (1) temperado (1) The true history (1) tips (1) to (1) Toby Hemenway (1) Toca do rebento (4) tomates (1) tomatoes (1) Trainning (1) Trangénicos / Trangenic (4) Transition Towns / Cidades de Transição (2) Trees (1) tribes (1) tricks (1) tropical (2) truques (1) Turkey (3) TV (4) U.S.A. (2) Uganda (2) uk (20) Urban (3) Urbana (2) USA (12) vananda shiva (1) Vandana Shiva (2) Vermicomposto / Worm compost (2) Vida (1) voluntariado (1) volunteer (1) war (1) What is Permaculture? (1) wild (1) Woman (1) work (1) workshop (2) youth (1) zimbabwe (1) zoning (1)